sábado, 23 de fevereiro de 2008

em miniatura

em miniatura. sempre em minúsculas. sempre à escala.

nos últimos anos tenho coleccionado e inventado peças em miniatura, e há constantemente um entrave no meu caminho: a dificuldade em encontrar informação, lojas, conselhos, outros coleccionadores, aficcionados ou amadores com quem discutir ideias e experiências. o meu hobbie tornou-se um acto isolado, solitário, desenquadrado.
este blog surge como o espaço de relato (relatório ou diário se quiserem) das minhas aquisições, conclusões e criações.
correndo o risco de nunca receber uma única visita, correndo o risco de existir no vazio, este blogue é a minha minúscula mensagem dentro da garrafa, mensagem que atiro ao mar, na esperança de socorro :)

(toda a minha colecção é na escala 1/12)

7 comentários:

Rita disse...

olá!
Segui o endereço do teu comentário no meu blog ( e adicionei-o nos meus links, espero que não te importes). Adorei a lareira com os livros... Fazes as peças todas?
Já agora... Que lojas em Lisboa conheces???
um abraço
Rita

proença disse...

ola! no ambiente da lareira com os livros aproveitei peças que já existiam: a caixa cilíndrica foi decorada por mim, com anúncios e postais em miniatura; os livros fui eu que fiz; a estrutura da lareira e a caixa oval vermelha foram repintadas; o candeeiro e a lareira foram envelhecidos, para dar um aspecto mais usado e empoeirado.

em Lisboa costumo ir ao Hospital das Bonecas, de resto as outras lojas que conheço só trabalham com a artesania latina e eu não gosto da qualidade das peças que eles tem em catalogo (e a experiência já me ensinou que é melhor comprar peças um pouquinho melhores).
muitas das peças encomendei ou comprei no estrangeiro. conheces mais alguma loja boa?

Rita disse...

Ultimamente tenho descoberto algumas lojas de velharias e antiguidades com miniaturas bem interessantes. Ainda à pouco tempo descobri uma no Porto que tem algumas peças (especialmente cadeirões) em metal de vários modelos muito bonitas. Só precisam de restauro...
Em Lisboa só mesmo o Hospital das bonecas, o museu do brinquedo que tem pouca coisa e o corte inglês que só tem da artesania. Também tens a Dentinho no Colombo e uma que não me lembro do nome no Amoreiras, mas normalmente tem muito pouca coisa.
Tenho procurado mais em lojas de antiguidades no Porto (há muitas) e encontro sempre qualquer coisa diferente.

zaphia disse...

Olá!
Li a tua mensagem da garrafa.Em Dezembro passado também lancei uma e fiquei surpreendida com as respostas que tive. No nosso país, há mais pessoas do que eu imaginava viciadas neste hobby. Em Portugal existem miniaturistas de muito talento, pena que muitos não tenham os seus trabalhos publicados na net.
Gostei muito das tuas miniaturas e vou continuar a passar por cá.

Aqui estão os endereços dos meus blogs caso queiras espreitar.

http://o-mundo-de-zaphia.blogs.sapo.pt/

http://aminhacasaemminiatura.blogs.sapo.pt/

Parabéns e continuação de bom trabalho.

Sofia

zaphia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula disse...

Eu também descobri a sua garrafa!!!
Parabéns, mais uma aquisição masculina para o mundo das miniaturas.
Descobri através da zaphia e gostei muito do que vi...
Tenho igualmente um site, onde mostro as minhas miniaturas:
www.freewebs.com/casadebonecas
Aguardo a sua visita!
Marina Vasconcelos

Ana Anselmo disse...

Pois é! só para dizer que em Portugal há muitos miniaturistas...lojas é que há mesmo muito poucas.
Neste momento até está a decorrer em Cascais uma exposição e venda de miniaturas, todas de "autor".
No meu blog está toda a informação....
Espero sinceramente que nos faça uma visita.